Carteirinhas de portadores de Fibromialgia começam a ser confeccionadas

MANHUAÇU (MG) – As carteirinhas para pessoas que possuem Fibromialgia já estão sendo confeccionadas. A primeira delas é da portadora da síndrome Lessandra Sonia da Silva, líder voluntária da Associação Nacional de Fibromiálgicos e Doenças Correlacionadas (ANFIBRO) de Minas Gerais. Nesta terça-feira (11), ela esteve no gabinete da prefeita de Manhuaçu, Cici Magalhães, para apresentar esta importante conquista. Estiveram presentes ao ato a secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social, Giuzaina Gregório, e os autores da indicação na Câmara Municipal, vereadores Administrador Rodrigo e Gilsinho.

A Lei Municipal 3.940/2019, que institui o Dia Municipal da Fibromialgia, foi sancionado no dia 6 de maio. Sensível às causas envolvendo a Saúde, a prefeita assinou o documento que prevê ainda outros benefícios aos portadores da síndrome. “Sou portadora de Fibromialgia e sei o quanto é cruel e desgastante para o corpo. A doença acomete, principalmente, principalmente as mulheres. Como prefeita de Manhuaçu, não poderia fechar os olhos para uma causa como esta. Estamos tratando com dignidade os portadores da síndrome para que possam ter celeridade em seus atendimentos médicos, por exemplo”, comentou Cici Magalhães.

Quem tiver Fibromialgia e quiser fazer a carteirinha deve se dirigir até a sede da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, que fica à rua Monsenhor Gonzalez, 484, Centro, portando os seguintes documentos: xerox da identidade e cpf, laudo médico ou atestado com CID 10. M79-7, comprovante de residência atualizado, foto 3×4 e título de eleitor.

BENEFÍCIOS

Além do dia municipal, a lei prevê a realização de palestras, debates, aulas e seminários de discussão durante a comemoração da data. O objetivo é conscientizar a população sobre a Fibromialgia.

As empresas públicas, concessionárias de serviços públicos e empresas privadas serão obrigadas a dispensar, durante todo o horário de expediente, atendimento preferencial aos portadores de Fibromialgia. Já as empresas que recebem pagamentos de contas e bancos deverão incluir os portadores da doença nas filas destinadas aos idosos, gestantes e deficientes.

Será permitido que os portadores de Fibromialgia estacionem em vagas destinadas aos idosos, gestantes e deficientes. Os veículos devem estar devidamente identificados com adesivo municipal após comprovação médica. Para este benefício, o fibromiálgico deve se dirigir até a Delegacia de Polícia Civil. O atendimento é realizado todas as quartas-feiras.

MUNICÍPIO PIONEIRO

Manhuaçu é o primeiro município de Minas Gerais a garantir direitos aos portadores da síndrome e instituir o Dia Municipal da Fibromialgia, que será comemorado em 12 de maio.

A ideia do projeto sancionado em Manhuaçu foi apresentada ao deputado estadual João Magalhães. O parlamentar deve sugerir o PL no Estado..

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *